19 MAI | Todos nós celebramos um ent erro

Todos nós celebramos um ent erro

19.05 | quinta | 19 h

Ação de Tata Coutinho e Giusepe Botelho

A assunção do choque prenuncia uma poética que dá um passo além na direção do estilhaçamento estético. Para nós, porém, o decisivo, e o que talvez nos interessa aqui seja o sinal da precariedade e do risco em que se encontra tal experiência; o “fracasso” em recuperar a lembrança da aura benjaminiana; o erro como procedimento. Nossa aposta é uma maneira de projetar uma possibilidade em direção ao que é por definição impossível, que pertence a memória: a retomada do luto benjaminiano.

 

 

 GALERIA : 

imagens: Camilla Torres