2-13 JUN | NOW OR NEVER | Ignácio Pérez Pérez

Residência Artística Internacional | Ignácio Pérez Pérez | ATAL 609 Campinas

O próximo programa de residência do espaço ATAL609 lugar de investigações artísticas receberá o artista Ignácio Pérez Pérez venezuelano,  que vive na Finlândia, para o compartilhamento em diversos interesses em torno a arte da performance, caminhar como uma prática artística, meditação e sua relação com a criatividade. O projeto de residência NOW OR NEVER |Agora ou Nunca  terá abertura na sexta 02.06 às 19 horas e seu encerramento no dia 13.06 terça-feira às 19 horas, com uma ação performática. Também será oferecido o workshop THE LONGEST JOURNEY | a mais longa jornada, de arte de performance bípede acontece nos dias 09.06 na sexta às 07pm-10pm, no dia 10.06 sábado e 11.06 domingo às 12pm-03pm, aberto ao público interessados em práticas artísticas relacionadas ao caminhar e a performance.

capa de face ignacio perez-02.jpg

O artista internacional trabalha com artes visuais e de performance, seu trabalho tem lugar sobretudo no espaço público como uma exploração de interstícios, paradoxos e incertezas da realidade.Também com Aidana Rico e Amira Tremont fundou o Performancelogía, projeto de arquivamento e divulgação da arte de performance, também co-fundou o Perfolink plataforma Latina Americana de Performance. Mas o projeto coletivo que destaca-se é o Global Performance Art Walks, de 2009, de estudo e exploração de performances feitas a pé. O principal interesse do artista é “explorar várias formas de criação artística, através de várias práticas, como a arte da performance, fotografia de rua, poesia escrita, arte caminhada, investigando noções de corpo / tempo / espaço / document / outra em uma longa viagem a pé de criação coletiva, colaboração à distância, networking, arquivamento”.

O artista por meio do apoio do ATAL609 e ProacSP estará circulando pelo Brasil, em estados como São Paulo e Rio de Janeiro.

mais informações: https://www.facebook.com/events/1208597349266936/?active_tab=about

mais sobre o artista: http://performancewalking.net/

mais sobre o ATAL609: www.at-al-609.art.br

O espaço permanece aberto: de terça à sexta, das 15h às 19h. Sábado, das 10h às 13h. Localizado na rua Antônio Lapa, 609 Campinas – SP

Sobre a Residência:

Ignacio Pérez Pérez | Performance artist 24/7 – Live biped art since 1984 | Venezuela / Finland

www.performancewalking.net

THE LONGEST JOURNEY O VIAGEM MAIS LONGO

Workshop de arte de performance bípedo
09, 10 e 11 de Junho, 2017
“The longest journey / is arriving / at the place / where you are”
-Moshe Benarroch

Durante minha residência no AT | AL | 609 – lugar de Investigações Artística, eu convido você a compartilhar comigo diversos interesses em torno a arte da performance, caminhar como uma prática artística, meditação e sua relação com a criatividade.

Durante 3 dias, 3 sessões, 3 horas cada sessão, nós deambularemos os seguintes tópicos:

Sessão 1, 9 de junho, 07:00-22:00: Explorar o caminhar como prática artística. A vadiagem como uma reinvenção do mundo. A viagem a pé como engenharia reversa do corpo e da mente. Algumas práticas ao redor da deriva Situacionista e walking meditation. As linhas de vida como mapeamento invisível. Caminhar para curar o medo do outro. Street photography. No turismo. Ser migrante e como apagar todas as fronteiras. Inclui passeio urbano.

Sessão 2, 10 de junho, 12:00-3:00: Explorar o Arte da Performance. imagens vivas, atos para quebrar o tempo e espaço, para aprender a morrer. O corpo como uma ponte da mente. Sujeito /objeto? = Quebra o copo! Poesía do acontecimento. Colagem vivo. Haiku de carne e osso.

Sessão 3, 11 de junho, 12:00-3:00: Explorar a quietude, a fina arte de não fazer nada. A viagem imóvel. Greve Internacional de Arte de Performance. Meditação como arte. Como deixar de ser um artista e começar a ser não-artista. Allan Kaprow, Robert Filliou e Siddharta Gautama.

(espanhol)

 Durante mi residencia en AT|AL|609 – lugar de investigações artísticas, te invito a compartir conmigo diversos intereses alrededor del arte de performance, el caminar como práctica artística, la meditación y su relación con la creatividad.

Durante 3 días, 3 sesiones, 3 horas cada sesión, deambularemos los siguientes tópicos:

Sesión 1, 09 de Junio, 07pm-10pm: Exploraremos el Caminar como práctica artística. El vagabundeo como reinvención del mundo. El viaje a pie como ingeniería inversa del cuerpo y la mente. Algunas prácticas alrededor de la deriva situacionista y el walking meditation. Las líneas de la vida como cartografía invisible. Caminar para curar el miedo al otro. Street photography. No turismo. Ser migrante y cómo borrar todas las fronteras. Incluye paseo urbano.

Sesión 2, 10 de Junio, 12pm-03pm: Exploraremos el Arte de Performance. Imágenes vivas, actos para romper el tiempo y el espacio, para aprender a morir. El cuerpo como puente de la mente. Sujeto/objeto? = rompe el vaso! Poesía de acontecimiento. Collage vivo. Haiku de carne y hueso.

Sesión 3, 11 de Junio, 12pm-03pm: Exploraremos la quietud, el fino arte de no hacer nada. El viaje inmóvil. Huelga Internacional de Arte de Performance. Meditación como arte. Cómo dejar de ser artista y comenzar a ser no-artista. Allan Kaprow, Robert Filliou y Siddharta Gautama.

Imagens:

Fotografias Camilla Torres, Caio Gusmão Ferrer e Fausto Gracia