Vídeo Performance Mostra Contemporânea de Arte de Limeira

A vídeo performance elaborada para este projeto partiu da idéia central da performance. A ação consiste em amarrar uma corda de sisal com nós ao redor da cintura, nos tornozelos e nas mãos e em seguida desamarrar desatando os nós em uma representação de atitudes contrárias, prender para depois libertar, soltar as amarras, deixar ir.

Na simbologia a corda está ligada ao desejo de subir e atada em nós representa qualquer espécie de vínculo possuindo virtudes secretas ou mágicas. Porém desfazer os nós corresponde não só à solução ou libertação mas também à crise ou à morte apresentando assim seu caráter de ambivalência.

A duração do vídeo é de 9’ 59”.

http://www.youtube.com/watch?v=hY1COu73Fng

Ficha Técnica:
Abertura e Vernissage: 14 de agosto às 20h
Exposição: 15 à 31 de agosto – segunda à sexta das 10h às 18h – sábados das 14h às 18h

Local: Palacete Levy – Centro – Limeira|SP

Curador: Robson Trento

Artistas participantes: Alma, Alcione Bellon, Ana Roland, Billy, Cecília Stelini, Daniel Almeida, Dorothea Freire, Edilaine Brum, Flávia Yue, Gilio Mialichi, Juliana Georg Bender, Lea Martins, Letícia Tonon, Maicon Medeiros, Marcelo Salum, Marina Lombardo, Osvaldo Piva, Patrícia Rebello, Renata Laili, Sechi, Sidney Roland, Simone Peixoto, Tosko e Walkiria Pompermayer.

Organização: Oficina Cultural Regional Carlos Gomes – Antonio Carlos de Oliveira, Fátima Miarchi, Marcos César, Robson Trento e Tatiana Alves